A falácia dos dados autodeclarados para a análise da relação saúde-saneamento básico em Minas Gerais

  • Post author:

A relação saúde-saneamento é complexa e ultrapassa a organização dos serviços e da prevenção de doenças. Sua compreensão perpassa por aspectos culturais, sociais, econômicos e ambientais, o que dificulta a mensuração isolada das contribuições das iniciativas de saneamento. Apesar disso, essa complexidade não impede que se comprove a relevância dos serviços de saneamento básico para a saúde e, consequentemente, para a melhoria da qualidade de vida da população. O objetivo deste trabalho é traçar um panorama geral da relação saúde-saneamento no estado de Minas Gerais, com base em indicadores de diferentes naturezas, e verificar a existência de correlações entre tais indicadores e a proporção de internações por doenças ocasionadas pela falta/inadequação dos serviços de saneamento básico.

Continuar lendo A falácia dos dados autodeclarados para a análise da relação saúde-saneamento básico em Minas Gerais