Clodoaldo da Cunha Bonfim

Entrevista

Currículo

12 de junho de 1974 a 20 de março de 1975

Clodoaldo da Cunha Bonfim, nascido em Barra do Corda no dia 07 de abril de 1932, foi o quarto presidente da Fundação João Pinheiro. Formado em administração pela UFMG, sua carreira foi sempre ligada ao sistema de planejamento e desenvolvimento de Minas Gerais. Além de ter sido suplente do Conselho Estadual do Desenvolvimento de Minas Gerais e chefe de departamento no BDMG, foi Secretário Geral da Fundação João Pinheiro na gestão de Hindemburgo Chateaubriand Diniz.

Convidado a ocupar cargo diretivo por Hindemburgo, Clodoaldo começa sua trajetória na FJP trabalhando na área de administração e finanças. Ao ser nomeado presidente da Fundação, afirma não ter tido problemas, afinal já conhecia a instituição e os funcionários. Uma das marcas da gestão de Clodoaldo foi com relação ao desenvolvimento dos projetos, que foram executados sem interrupções e a elaboração de cursos para profissionais de diversas áreas, de empresas privadas e públicas.

Sua trajetória é bastante ligada a da Fundação como o mesmo afirma: “eu ajudei, dentro das minhas limitações, ao desenvolvimento dessas instituições, fazendo, assim, boa parte, integrando boa parte do meu trabalho a essas instituições durante alguns anos”. Clodoaldo participou desde o princípio da formação da FJP e garante ainda acompanha-la pela Internet. Pensando no futuro da Fundação, deixa uma mensagem: “Então, o que eu desejo para a Fundação é que ela continue crescendo, realizando esses inúmeros trabalhos de interesse das empresas do setor público, de um modo geral dentro dessa linha de trabalho de seriedade que a Fundação sempre, foi um órgão bem nascido. Porque tem uns órgãos que não são bem nascidos, e são bem nascidos. Bem nascido é o banco de desenvolvimento, Fundação João Pinheiro, CEMIG, e outras. E a Fundação continua tendo sucesso e vem angariando durante muitos anos e continue nesse linha”.