• Post Author:

Cursinho Educar contabiliza sete aprovados em universidades federais em 2020

Curso preparatório para o Enem foi criado por alunos da graduação em administração pública da FJP

Iniciativa dos alunos do curso de administração pública da Fundação João Pinheiro (FJP), o cursinho Educar, extensivo preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), teve, em 2020, sete dos seus estudantes aprovados em universidades federais: um na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), para o curso de Geografia; e seis na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), para os cursos de Engenharia de Controle e Automação, Gestão Pública, Contabilidade, Economia (dois) e Farmácia.

Criado em 2014, o Educar disponibiliza anualmente 40 vagas, sendo 20 reservadas para jovens da Associação Profissionalizante do Menor de Belo Horizonte (Assprom). O cursinho é gratuito e conta com 12 voluntários, alunos da FJP, que ministram aulas de física, química, biologia, história, geografia, língua portuguesa, literatura, inglês, redação, álgebra e geometria.

As aulas acontecem de segunda a sexta, entre os meses de fevereiro e novembro, na FJP Brasil (Avenida Brasil, 674, Santa Efigênia – Belo Horizonte/MG), das 18h30 às 21h30, com monitorias das 17h30 às 18h30. As inscrições para participação são abertas no mês de janeiro.

Parcerias – Além da Assprom, o Educar é parceiro do Já é, projeto de extensão dos alunos de Psicologia da UFMG, que prestam atendimento gratuito aos participantes do cursinho três vezes por semana. Já o Instituto Equale, organização do terceiro setor que apoia a consolidação e crescimento de cursinhos populares no estado de Minas Gerais, colaborou na obtenção de 40 apostilas com material didático ao Educar, neste ano, por intermédio da consultoria João Pinheiro Junior (outro projeto de extensão da FJP).