• Post Author:

FJP divulga estudo sobre impactos econômicos causados pela crise do coronavírus

O Governo de Minas, por meio da Fundação João Pinheiro (FJP), produziu o estudo Cenários de Impactos Econômicos Estimados pela Matriz Insumo-Produto (MIP) – 2016, a fim de estimar os impactos decorrentes dos choques de oferta sobre os encadeamentos da atividade produtiva do estado de Minas Gerais em função da pandemia do coronavírus.

O estudo aponta que o impacto total estimado pela MIP-MG sobre o emprego pode significar redução entre 4,24% e 7,63% dos postos de trabalho existentes no último trimestre de 2019, no estado, dependendo de um cenário otimista, base ou pessimista.

Os setores de atividade que devem ser os mais afetados são: o Comércio (em geral), a Construção, Serviços Domésticos, e Educação Privada, Transporte e armazenamento, Confecção artefatos do vestuário.

O material completo está disponível no site da FJP e será tema de transmissão ao vivo com a pesquisadora Nícia Raies, na próxima quarta-feira, às 17h, no perfil da instituição no Instagram: www.instagram.com/fundacaojoaopinheiro.