• Post Author:

FJP reúne nomes de destaque na área de monitoramento e avaliação em seminário nesta quinta-feira

Fundação João Pinheiro (FJP), em parceria com o CLEAR, a Herkenhoff & Prates (H&P) e a Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação (RBMA), realiza nesta quinta-feira, 6 de junho, o seminário FJPx: Os Desafios do Monitoramento e Avaliação na Gestão Pública. O evento irá reunir no campus Brasil da instituição (Av. Brasil, 674, Santa Efigênia) especialistas nacionais da área de monitoramento e avaliação com o objetivo de proporcionar a troca de informações e experiências nos setores governamental, privado e das organizações sociais.

Programação

8h30 às 9h30 – Café de boas-vindas

9h30 às 10h – Abertura: Otto Alexandre Levy Reis (Secretário de Estado de Planejamento e Gestão), Helger Marra (Presidente da FJP), Lycia Lima (Clear), Cristina Margoto (HP) e Carolina Imura (RBMA)

10h às 10h45 – Palestra de abertura: A centralidade de um sistema de monitoramento e avaliação para uma gestão criadora de valor público – Pedro Olinto (BIRD/Banco Mundial)

10h45 às 12h30 – Apresentações (Moderação: Marcos Assis – FJP)

10h45 às 11h – Por que o monitoramento e avaliação de políticas é um eixo estratégico para a gestão pública? – Rômulo Paes (Fiocruz)

11h às 11h15 – A revolução digital tornará os processos de Monitoramento e Avaliação supérfluos? – Francisco Gaetani (FGV/RJ)

11h15 às 11h30 – Como as avaliações podem produzir mudanças e impactos na sociedade? – Lycia Lima (CLEAR/FGV/SP)

11h30 às 11h45 – Como superar os desafios na comunicação de resultados das avaliações? – Clarice Mendonça (H&P)

11h45 às 12h30 – Debate

12h30 às 14h – Intervalo para almoço

14h – Credenciamento para o World Café

14h30 às 16h30 – World Café

ü  A prática de monitoramento e avaliação no setor público: o caso de Minas Gerais – Cinthia Bechelaine (BDMG)

ü  A institucionalização do sistema de monitoramento e avaliação no estado do Espírito Santo – Andrezza Rosalém (OPE Sociais)

ü  Desafios para institucionalização das politicas públicas baseadas em evidências – Lycia Lima (CLEAR)

ü  A institucionalização do monitoramento e avaliação no setor público: o que sabemos sobre isso – Rômulo Paes (Fiocruz)

16h30 às 17h30 – Síntese e encerramento