João Batista Rezende

Entrevista

Currículo

24 de março de 1999 a 16 de janeiro de 2001

João Batista Rezende nasceu na cidade mineira de Itaú de Minas em 9 de dezembro de 1954. É formado Técnico Agrícola pelo Colégio Técnico Professor C. Correa Junior em Franca, São Paulo, é graduado em de Ciências Econômicas pela Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativos e Contábeis de São João Del Rey, Mestrado em Economia Rural pela Universidade Federal de Viçosa e Doutorado em Administração na Universidade Federal de Lavras. Em 1982 ele se tornou Técnico de Planejamento e Pesquisa na FJP e sua trajetória profissional foi marcada pela participação no funcionalismo público com passagens pelo Incra/MG e pela Emater/MG.

João esteve na presidência da FJP entre 1999 e 2001 e, segundo o próprio, sua gestão teve desde o início como foco a recuperação da Fundação: “reestruturar, reformular e rever”. O seu período ele prezou pela autonomia da pesquisa e defendeu a independência financeira da FJP, apontada como de extrema importância para as melhoras e modernizações da instituição realizadas em sua gestão. Neste período a Fundação parece ter se focado em projetos municipais e na continuidade da coleção Mineiriana.

Segundo ele, a Fundação João Pinheiro vive hoje um período complicado, um ponto, mas acredita na capacidade da instituição de superar esta realidade: “mas acho que daqui dois ou três anos, eu acho que ela vai conseguir avançar, principalmente hoje, hoje ela é diferente, hoje é a Escola que é o carro chefe, a mola mestra, antes não, o CEPP, que era a diretoria de projetos, hoje é a Escola. Acho que com a Escola, ela conseguirá avançar, ela conseguirá ir adiante”.