• Post author:

Este informativo inicia uma série na qual o Núcleo de Finanças Públicas da Diretoria de Estatística e Informações apresenta alguns indicadores para o conjunto dos municípios agrupados por Região Geográfica Intermediária (Rgint)¹. São 11 estudos que concentram as 13 Rgint do estado; o primeiro da série diz respeito à Rgint de Belo Horizonte (mapa 1). Composta por 74 dos 853 municípios de Minas Gerais (8,67%) e com uma população de 6,24 milhões de habitantes (29,65% do estado), a Rgint gerou 37% da produção econômica estadual em 2017 (R$ 213,4 bilhões em valores nominais). Em 2018, o município de Belo Horizonte (com população de 2,5 milhões de habitantes) foi responsável pelo maior volume de receita dessa Rgint: respondeu por 50,3% do seu total. Os municípios de Contagem, Betim, Sete Lagoas e Nova Lima completaram o grupo das cinco maiores participações com, respectivamente, 8,1%, 7,8%, 3,2% e 2,9% e, agregadamente, somaram 72,3% da receita da Rgint.

Clique aqui para ler o informativo.