Ricardo Luiz Santiago

Entrevista

Currículo

1 de novembro de 2007 a 2 de dezembro de 2008

Ricardo Luiz Santiago nasceu em 1945 no município de Formiga (MG) e graduou-se em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e realizou sua pós-gradução, Mestrado e Doutorado, na Universidade de Vanderbilt nos Estados Unidos. Santiago exerceu o cargo de presidente da Fundação João Pinheiro por pouco mais de um ano (2007-2008), no governo de Aécio Neves em Minas Gerais.

Anteriormente, trabalhou em várias outras instituições de renome em pesquisa, desenvolvimento e planejamento, como o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA, onde chegou a ser presidente, o Instituto de Planejamento de Gestão Governamental – IPLAN, onde também ocupou a presidência, a Secretaria de Planejamento do Governo Federal no qual foi secretário-geral e no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), quando foi gerente do Departamento Regional de Operações. Com esse currículo amplo no campo da pesquisa e do planejamento ele entrou na FJP com a promessa de ampliar o programa “Estado para Resultados”.

Em relação ao futuro da Fundação João Pinheiro, Ricardo Luiz Santiago comenta: “[…] Agora, você tem que olhar o futuro, a sua responsabilidade, algo para dar valor, o que você fez, ou que você construiu 50 anos, é olhar o futuro. Então o futuro você tem que entender as mudanças da sociedade, as mudanças do setor público e dizer, olha, eu acho que é isso. Então é uma decisão que a gente tem, porque a Fundação não é mais àquela, ela tem que se concentrar nisso, que seja. Essa é a capacidade de olhar bem o que fez, e entender a circunstância, entender o Estado, a mudança do Estado, e traçar o futuro exatamente para respeitar os 50 anos que você fez muito bem feito[…]”.