Trata-se de obra da Coleção Mineiriana (Série de Obras de Referência) que resgata a trajetória das políticas públicas responsáveis pela produção de estatísticas no estado, uma história que, a partir da década de 1970, tem como um de seus atores centrais a Fundação João Pinheiro.