• Post author:

Em face da escassez hídrica que se tornou um fenômeno recorrente na região sudeste do Brasil, o trabalho visa a analisar a evolução dos usos consuntivos da água na economia do estado de Minas Gerais, entre 2005 e 2016. Foi utilizado um modelo insumo-produto aberto de Leontief com unidades
híbridas e incorporação de um setor hídrico, com base nas matrizes de insumo-produto estaduais de 2005, 2008, 2013 e 2016 e nos dados de retirada de água disponibilizados pela ANA. Os resultados mostram que houve redução dos requerimentos hídricos totais por setor e de forma agregada.

Clique aqui para ler o informativo.